loading

O esporte no Brasil

1334624837ggO esporte chegou ao Brasil em 2007.

Foi trazido pelo Instituto Spine Social junto ao psicólogo do esporte e praticante de esportes radicais, Pablo Moya Ruiz de Abreu que se espelha nas atitudes do americano Aaron Wheels, para estudar o limite dos para-atletas na prática deste esporte.

Após o termino do campeonato de basquete sobre rodas da segunda divisão de 2006, alguns atletas de basquete não sairam de férias e continuaram a treinar no parque da cidade onde existe uma pista de skate ao lado.

Um dia de treino de basquete se torna o treino do Hardcore Sitting sendo assim o inicio de tudo e quando se montou a equipe.

Composta por três atletas: Adriel Silva ( P.C), Jose da Silva Jr (lesado medular T-3), Fernando Mendes Jr (lesado medular T-12), Marelow (P.C) .

Após poucos 6 meses de treino, os resultados observados agradam muito o psicólogo e idealializador do Hardcore Sitting/wcmx Brasil, o grupo se uniu, organizamos uma rotina de treinos diários.

Isso me possibilitou durante anos de treinos, o desenvolvimentos de algumas técnicas de aprendizagem, e outros fatores importanetes.

  • Desenvolvimento de equipamentos.
  • Estudo da segurança.
  • Estudo das pistas adequadas a prática da modalidade com total segurança.
  • Adaptações de pistas para a prática.
  • Perfil psicológico do praticante da modalidade.
  • Nomenclatura das manobras e feitos.
  • Mapeamentos das possibilidade de QUEDAS e seu EFEITOS.
  • Técnicas de QUEDAS e seu EFEITOS.

Vendo o progresso e o beneficio social e a saúde dos praticantes, resolvemos oficializar o HardCore Sitting Brasil, como uma alternativa esportiva que pode ser ensinada no Brasil.

A intenção deste esporte, não é fazer Back Flip na Mega Rampa !!!!

A intenção é mostrar mais uma alternativa de esporte radical para os cadeirantes e mostrar que é possível sim quebrar todas as barreiras do imaginário.

HardCore Sitting é atitude, é Ação !!!!

Promove qualidade de vida, motiva o individuo a ação.

  • regula o metabolismos.
  • fortalece a musculatura.
  • equilibra a ansiedade
  • controla a raiva.
  • aumenta a segurança.
  • controle e manejo da cadeira de rodas.
  • cria foco e gera metas.
  • aflora a competitividade.
  • além de chamar muita atenção nas pistas de skate, gerando uma relação com outros praticantes alí presentes (socialização).